VOCÊ ESTÁ LENDO >> O QUE O SXSW 2023 E O ÚLTIMO PARIS FASHION WEEK TÊM EM COMUM?
POR Giovanna Schiavon | 12 de maio

Durante o maior evento de inovação do mundo, a inteligência artificial roubou a cena e nos faz refletir o papel da moda

Este ano foi o retorno ao modelo 100% presencial do South by Southwest (SXSW), um doas maiores eventos quando o assunto é tendências e inovação, trazendo provocações, insights e reflexões mais quentes sobre passado, presente e futuro. Devida tamanha relevância, diversas empresas participam do evento. Uma delas foi a Box1824, consultoria estratégica que mapeia comportamentos e visões de futuro, que listou os 5 highlights mais relevantes obtidos ao longo de todo line-up e uma delas há conexão com o que já podemos ver na indústria da moda como ponto de incômodo, estética e reflexão. Para mais detalhes, é só desbravar o texto com seu café ao lado e uma dose de pausa na pressa do dia a dia.

De acordo com a Box1824, os principais eixos de reflexão são: 

  • Psicodélicos: como agentes naturais podem auxiliar no tratamento de  distúrbios psicológicos.
  • Histórias reais e emocionantes como agentes de mudança.
  • Crise Climática: novas tecnologias aliadas ao senso de humanidade como uma chave para a questão.
  • Tecnologia: potencial “hiper reconectividade”.
  • IA Generativa: e a nova revolução tecnológica que está se iniciando.

Renascimento Psicodélico
Com mais de 100 painéis sobre o tema, o SXSW montou uma trilha de palestras dedicadas especialmente para debater o “renascimento psicodélico”, como defendem os nomes mais importantes do tema.
Para 2023 o SXSW fugiu do tabu e trouxe a diversidade de uso. “A produção cultural inspirada em experiências de estados alterados de consciência e até mesmo o uso de psicodélicos entre atletas de alta performance” como pontuou Juliana Causin da revista digital Época Negócios.

Histórias reais e emocionantes
Todos temos a lembrança dos comerciais emocionantes da O Boticário, Vivo, Coca-Cola e Itaú. As marcas gostam do poder das histórias porque a conexão com seu público se torna quase que imediata. Mas, além do storytelling perfeito, as histórias reais que a publicidade retrata também têm o poder de impactar nossa realidade.   Dito no SXSW, mas já decifrado pelo antropólogo Grant McCracken,  A publicidade e a moda transferem seus significados culturais para os bens de consumo, elas funcionam como “Meios através dos quais o significado é investido no ‘código objeto'”. Assim, a moda e a publicidade tem o poder de, através de histórias fortes, mudar a realidade.

Crise Climática
O tema já, que já é veterano no evento, reflete a urgência do assunto.  Estamos em um momento que não se trata de uma questão de marca, mas sim se negócio, ou seja, vai além do dizer que faz e ter comprometimento com a prática dos compromissos ESGs assinados pelas empresas. A trilha dedicada ao tema também deixou claro que precisamos investir em tecnologia e inovação para cumprir com ações imediatas.

Tecnologia: potencial “hiper reconectividade”
Por falar em tecnologia, coincidentemente, os pontos mais relevantes citados pela BOX1824 foram os mesmos pontos levantados no podcast The Shift narrado por Christina de Luca e Silvia Basi no seu último episódio, o “Insights e Visões SXSW 2023”, contou com as participações especiais de Camila Securato e Ana Paula Zamper, que participaram diretamente do evento.

As convidadas pontuaram a relevância da participação de Simran Jeet Singh, educador, escritor e ativista americano, que deu o grande tom do evento abordando a grande questão homem-tecnologia, mas em um sentido colaborativo. Segundo ele, nosso trabalho hoje é exercitar a curiosidade em torno da tecnologia para utilizá-la a nosso favor.

IA Artificial e narrativas
Não teve como fugir do tema do momento. Entre ChatGPT e Metaverso, o SXSW trouxe à tona os impactos da inteligência artificial no dia a dia. Longe de visões negativas, o evento mostrou que a AI é uma tecnologia que chegará mudando a forma que enxergamos o mundo e nos relacionarmos com as narrativas. Miguel Caeiro, Head Latam da VidMob, em entrevista ao Meio e Mensagem, definiu a IA como o grande destaque do SXSW2023. Segundo ele “Pode ser uma palestra sobre mudança climática, justiça criminal ou como liderar num mundo onde o trabalho será dividido entre humanos e máquinas. É a base de todos os processos evolutivos que estão em destaque. Uma verdadeira revolução”. Na prática, a inteligência artificial é a chave para resolvermos os nossos problemas atuais e conseguirmos projetar um futuro melhor.

E o que mais está por trás de tudo isso?
O podcast Braincast, produzido pela B9 e apresentado por Carlos Merigo, Ana Freitas, Juliana Nascimento e Sarina Sena, lançou o episódio especial “Inteligência Artificial vs. Atitude Humana [Edição SXSW 2023]” que contou com a participação especial de Mari Mafra e Julia Chagas, que estavam presentes no evento.

Dentre os insights do festival, Mari Mafra e Julia Chagas relataram que as palestras sobre temas relacionados a problemas atuais constantemente estavam vazias, enquanto as que debatiam temas relacionados ao futuro eram concorridíssimas por ter mais pessoas interessadas do que o número de vagas disponíveis. Assim, trouxeram a reflexão sobre o excesso de preocupação com pautas futuras ao mesmo tempo de uma ausência com as preocupações do presente.

Tanto o podcast The Shift, citado no início do texto, quanto o Braincast têm um ponto relevante em comum. Em todos os assuntos talk of the town do evento, desde inteligência artificial, passando por psicodélicos e chegando à crise climática, ambos refletem sobre o peso da forma que a humanidade irá se relacionar com cada um deles a partir de agora. Como exemplifica Ana Paula Zamper “o debate agora não é mais sobre o psicodélico em si, mas sobre a nova forma de governança ao redor do psicodélico”, em sua participação The Shift.

The Sky is Blue?
Pontuada pelo antropólogo Grant McCracken em sua obra Cultura e Consumo (2003) a metodologia onde o Sistema da Moda e a Publicidade funcionam como ferramentas de transferência de significado dos signos culturalmente construídos para os bens de consumo. Ou seja, a moda está a par deste momento e já faz uns anos que vem inquietações.  Este ano, durante o Paris Fashion Week Fall 23, a Coperni Femme continuou trazendo grandes momentos para as passarelas com provocações tecnológicas. Desta última vez, os estilistas Sébastien Meyer e Arnaud Vaillant fizeram uma releitura da fábula “O Lobo e o Cordeiro”, de Jean de la Fontaine, com a encenação teatral entre robôs e modelos.

Ao mesmo tempo, o desfile da Courrèges Fall 2023, do diretor criativo Nicolas di Felice, também trouxe a reflexão sobre a overdose de tecnologia que já estamos vivendo. Para mostrar que não conseguimos nem olhar para o céu sem perguntar ao celular vozes questionando “o céu é azul?” ambientaram o desfile.

O que fica como residual de reflexão
O intuito deste artigo é ser um breve compilado sobre os principais pontos levantados no SXSW 2023 e sua relação com a Indústria da Moda. Parafraseando o educador Simran Jeet Singh, citado no início do texto, o ponto central é como devemos entender como explorar a relação homem-tecnologia para tirar o melhor proveito para a própria humanidade. Essa provocação de Simran se estende desde tecnologia artificial até a última semana de moda, onde vimos muitas provocações sobre tecnologia, mas ainda vemos poucos debates sobre o uso delas para resolver questões atuais e urgentes. O que falta, é ajustar os avanços tecnológicos para que se tornem avanços para a humanidade.



ESCRITO POR Giovanna Schiavon
Psicóloga de formação e pós-graduanda em Cultura Material e Consumo pela USP. Busco compreender o comportamento através das relações de consumo, sobretudo no mercado de beleza e moda.

Psicóloga de formação e pós-graduanda em Cultura Material e Consumo pela USP. Busco compreender o comportamento através das relações de consumo, sobretudo no mercado de beleza e moda.

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Trends & Insights

20 de abril

SXSW 2019: um report para quem deseja entender o evento

Fique por dentro dos insigths que permearam um dos maiores eventos de inovação e tecnologia

por Nathalia Cunha
11 de fevereiro

Bem-estar é a palavra de ordem para consumidor de luxo

O luxo ganha outros sentidos e recebe valorização de atitude em prol do meio ambiente e do tempo escasso

por Karlos Ferrera
12 de maio

Onde está a moda inclusiva? Os desafios para encontrar roupas para o público PcD

Especialista sobre o assunta aponta o preconceito como principal fator para a falta de inclusão na moda

por Beatriz Neves
17 de agosto

Moda masculina: o homem contemporâneo pelo estilista Mário Queiroz

Análise de imagem: o professor e designer explica as transformações na moda masculina hoje

por Ivan Reis

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
6 de novembro

Negócios em foco: 7 Reflexões sobre o Mercado de Luxo com Carlos Ferreirinha

Em palestra no Iguatemi Talks, especialista do mercado de luxo traz insights do segmento para qualquer setor

por Brenda Luchese
5 de novembro

As estratégias da Jacquemus para se tornar “queridinha” no mercado de luxo

Entenda como a marca criada por Simon Jacquemus virou fenômeno e se tornou referência do conceito de novo luxo

por Rebeca Dias
5 de novembro

Cases de Luxo: como a Burberry e Gucci se conectaram com novos consumidores

Veja como as grifes de luxo se adaptaram para atender às transformações dos novos tempos e dos consumidores

por Rebeca Dias
5 de setembro

Fure a bolha: chegou a hora do streetwear brasileiro ganhar destaque global

A consolidação da moda de rua brasileira e como designers de marcas nacionais chegaram a showroom em Paris.

por Júlia Lyz
12 de maio

Copenhagen Fashion Week: conheça semana de moda internacional sustentável

Marcas do evento que visa promover a sustentabilidade precisam respeitar ao menos 18 critérios para inscrição

por Rebeca Dias
12 de maio

Onde está a moda inclusiva? Os desafios para encontrar roupas para o público PcD

Especialista sobre o assunta aponta o preconceito como principal fator para a falta de inclusão na moda

por Beatriz Neves
12 de maio

O QUE O SXSW 2023 E O ÚLTIMO PARIS FASHION WEEK TÊM EM COMUM?

Durante o maior evento de inovação do mundo, a inteligência artificial roubou a cena e nos faz refletir o papel da moda

por Giovanna Schiavon
12 de maio

8 Perfis do Tiktok para Acompanhar e Aprender Sobre o Mercado de Moda

Muito além do look do dia e de dancinhas, o Tiktok permite a democratização e acessibilidade aos conteúdos sobre moda

por Ana Flávia Gimenez