VOCÊ ESTÁ LENDO >> Entrevista: cobertura de celebridades por Giulianna Campos, editora da Quem
POR Zeinab Bazzi | 29 de julho

Giulianna Campos sempre quis ser famosa. Desde pequena, tinha o sonho de ser apresentadora. Mas foi com o jornalismo que se aproximou das celebridades. A editora de moda e beleza da Quem, revista que lhe deu o primeiro emprego há 9 anos, conversou com os alunos do Jornalismo de Moda da FAAP sobre entretenimento e cobertura jornalística.

Giulianna acredita que é preciso manter uma relação de confiança e simpatia com os famosos

Mas como fez para conquistar uma vaga na publicação? Ela dá o mérito à Hebe Camargo: uma funcionária da Quem, que fez parte da banca do seu TCC, convidou Giulianna e suas colegas para conhecer a revista. E foi aí que ela percebeu que era isso que queria fazer.

Na época, a apresentadora estava internada e a editora da época perguntou se alguém gostaria de ajudar o repórter a fazer o plantão no hospital. Giulianna não hesitou e aceitou a missão: fez a cobertura por 10 dias e se orgulha em contar que foi a responsável por dar o furo da saída de Hebe.

Foco no online

No início, a jornalista cobria o mundo das celebridades; ela ama estar no meio delas. Com a mudança do formato da Quem, ela se tornou editora de Moda e Beleza. Em julho de 2017, a revista impressa deixou de existir, migrando totalmente para o online. Contudo, independente das mudanças de editoria e estrutura, o foco foi mantido: os famosos.

Giulianna conta que, atualmente, as pessoas não têm mais paciência para ler textos grandes. De acordo com ela, o leitor foca nas fotos. Apesar disso, há sempre uma construção textual detalhada, o que inclui apuração criteriosa.

Para as entrevistas com famosos, ela aconselha: sempre fazer perguntas brandas e guardar as respostas para matérias frias, ou seja, atemporais. Também diz que é preciso manter uma relação amigável com as celebridades, conquistando a confiança e sendo empático.

Além disso, é fundamental ter um gravador em mãos. “A gravação é a prova”, diz.

Conecte-se

Networking é algo fundamental em sua carreira. A editora explica que deve-se conhecer pessoas novas e fazer conexões com elas, de forma que haja divulgação mútua.

A jornalista faz constantemente matérias e vídeos de beleza (publicados no site e no canal QUEM acontece), usando produtos acessíveis. Esta estratégia, segundo a editora, aproxima o público e aumenta o investimento das marcas.

Mas como se destacar no meio do entretenimento? Giulianna diz que deve-se sair da zona de conforto e ter ideias inovadoras, mas nunca se deixando levar totalmente pela audiência. Em outras palavras: é necessário fazer o que ninguém mais está, mantendo-se fiel à linha editorial.

“Se faz sentido para você, corre atrás!”, afirma ao término do bate papo com os alunos. E isso expressa bem quem é Giulianna: foco e leveza no trabalho que ama.



ESCRITO POR Zeinab Bazzi

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Ponto de Vista

21 de outubro

Cavalera milita (e convence) em desfile na SPFW

Marca sensibilizou plateia e passou mensagem sobre a importância e a necessidade de respeitar a...

por Zeinab Bazzi
22 de outubro

Por dentro da moda: 5 dicas essenciais para quem quer ser um Fashion PR

A carioca Raquel Fejgiel lança alguns conselhos para quem deseja trabalhar como assessora de imprensa...

por Raquel Fejgiel
22 de janeiro

Memória adolescente de Coco inspira nova coleção da Chanel

Virginie Vivar revisita o passado da maison em busca de essência, leveza e força

por Giovana Marques
23 de fevereiro

Gisele Bündchen é bem normal!

Vou ter que fazer uma confissão que vai me colocar no vale dos rechaçados e...

por Andreia Meneguete

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
6 de novembro

Negócios em foco: 7 Reflexões sobre o Mercado de Luxo com Carlos Ferreirinha

Em palestra no Iguatemi Talks, especialista do mercado de luxo traz insights do segmento para qualquer setor

por Brenda Luchese
5 de novembro

As estratégias da Jacquemus para se tornar “queridinha” no mercado de luxo

Entenda como a marca criada por Simon Jacquemus virou fenômeno e se tornou referência do conceito de novo luxo

por Rebeca Dias
5 de novembro

Cases de Luxo: como a Burberry e Gucci se conectaram com novos consumidores

Veja como as grifes de luxo se adaptaram para atender às transformações dos novos tempos e dos consumidores

por Rebeca Dias
5 de setembro

Fure a bolha: chegou a hora do streetwear brasileiro ganhar destaque global

A consolidação da moda de rua brasileira e como designers de marcas nacionais chegaram a showroom em Paris.

por Júlia Lyz
12 de maio

Copenhagen Fashion Week: conheça semana de moda internacional sustentável

Marcas do evento que visa promover a sustentabilidade precisam respeitar ao menos 18 critérios para inscrição

por Rebeca Dias
12 de maio

Onde está a moda inclusiva? Os desafios para encontrar roupas para o público PcD

Especialista sobre o assunta aponta o preconceito como principal fator para a falta de inclusão na moda

por Beatriz Neves
12 de maio

O QUE O SXSW 2023 E O ÚLTIMO PARIS FASHION WEEK TÊM EM COMUM?

Durante o maior evento de inovação do mundo, a inteligência artificial roubou a cena e nos faz refletir o papel da moda

por Giovanna Schiavon
12 de maio

8 Perfis do Tiktok para Acompanhar e Aprender Sobre o Mercado de Moda

Muito além do look do dia e de dancinhas, o Tiktok permite a democratização e acessibilidade aos conteúdos sobre moda

por Ana Flávia Gimenez