VOCÊ ESTÁ LENDO >> Burberry lança aplicativo para clientes VIP
POR Giovana Marques | 17 de setembro

Clientes fiéis costumam ganhar brindes e descontos personalizados. Saindo do lugar comum com uma boa dose de tecnologia e inteligência artificial, a Burberry lança um aplicativo em parceria com a Apple. A estratégia visa fortalecer o relacionamento externo, vendas e facilitar a comunicação entre consumidor e associado.

Batizado de R Message, o app supre a necessidade de ir à loja para consultas e recomendações, além das compras. Com a ação, a Burberry fortalece práticas que de fato atendam aos desejos do cliente de luxo (tchau, tchau, e-mail marketing!).

Burberry

O lançamento está sendo utilizado por clientes VIPs da flagship em Londres. Os planos da marca são de expandir globalmente o app. (Foto: divulgação Burberry)

O aplicativo é intimista, possibilita interação mais humanizada e responde com rapidez e exclusividade.

O piloto está sendo utilizado na flagship em Londres. Após o período de teste, o R message será lançado em todas as 413 unidades globais e para os seis mil funcionários. Apesar da vasta distribuição, apenas clientes convidados poderão desfrutar o serviço. Essa é uma maneira da marca prestigiar o público mais assíduo e fortalecer vínculos.

Foco (não apenas) na venda

Os vendedores, ao mesmo tempo em que têm novas possibilidades de venda, precisam estar ainda mais bem integrados às novidades da empresa. O consumidor agora tem mais um canal oficial para receber informações em primeira mão.

“Os clientes que usam dispositivos móveis são frequentemente tão mais informados quanto os associados”, salientou o Vice-presidente digital Mark Morris à Vogue Business. Para incentivar a busca por informação por parte dos associados, o app contará com uma área focada em comunicação interna. News Feed, atualizações sobre a marca, menções à imprensa e campanhas publicitárias farão parte do conteúdo.

Arrumar a casa

Toda a estratégia faz parte de um reposicionamento da Burberry, que está sob cautela do presidente executivo Marco Gobbetti. Em um passado não tão distante, a marca dona do icônico xadrez teve consecutivas quedas de venda.

A reformulação, que conta com reformas, redução de lojas, nova direção criativa e aproximação com consumidor, já mostra resultados. A Burberry foi eleita neste ano uma das 100 marcas mais valiosas do mundo.



ESCRITO POR Giovana Marques

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Moda

1 de junho

Jornada nas Estrelas: a Moda e o Espaço Sideral

O início de uma nova fase na Era Espacial pelo lançamento da nave Dragon Crew...

por Guilherme de Beauharnais
8 de julho

O reino encantado (e digital) de Dior

Adaptando-se à pandemia, Christian Dior abriu na última segunda-feira (06/07), em Paris, a temporada de...

por Ivan Reis
8 de setembro

Samba Zine resiste e faz sonhar em tempos difíceis

Nova revista tem como objetivo inspirar e abraçar público, protegendo-o de discursos de ódio através...

por Zeinab Bazzi
17 de junho

Vogue América: relatos de racismo e falta de diversidade

A lendária editora-chefe da Vogue americana, Anna Wintour, está envolvida em relatos de discriminação e...

por Ivan Reis

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
20 de dezembro

Projeto 19M da Chanel: o fortalecimento do luxo

Com nova CEO na casa e inauguração oficial do projeto, a grife francesa promete enaltecer o artesanato de moda de luxo

por Júlia Vilaça
9 de dezembro

Jornalismo de Moda: e se a autora Clarice Lispector fosse capa da Vogue?

No mês que Clarice Lispector faria 100 anos, conheça a relação da escritora com o jornalismo de moda

por Ivan Reis
28 de agosto

Figurino do filme ‘Spencer’: o papel das marcas de moda no cinema

Filme sobre Lady Di traz figurino assinado por Chanel e mostra o poder das marcas nas narrativas em torno de biografias

por Carol Hossni
17 de agosto

O homem contemporâneo segundo Mário Queiroz

Análise de imagem: o professor e designer explica as transformações na moda masculina hoje

por Ivan Reis
10 de agosto

Vida em detalhes: na fila da vacina, vista sua esperança

Enquanto esperar é a única coisa que nos resta, as roupas moldam a cena de um futuro próxima que desejamos ter

por Ivan Reis
10 de agosto

Belly Palma: “Posso fazer o que eu quiser e do meu jeito”

Influência ativista na internet: Izabelle Palma é a nova voz quando se fala em moda, diversidade e inclusão no Brasil

por Ivan Reis
11 de junho

Moda e woke-washing: a mercantilização do corpo preto em um novo patamar

Jornalista Viviane Rocha relata o sequestro da humanidade das pessoas pretas

por Viviane Rocha
9 de junho

Semiótica da moda: análise do filme “Disturbing Beauty”, da Dior

Semioticista Clotilde Perez analisa os significados da beleza no novo filme da Dior

por Clotilde Perez