VOCÊ ESTÁ LENDO >> Luxo em evidência: as 100 empresas mais valiosas do mundo
POR Giovana Marques | 7 de agosto

Louis Vuitton, Chanel, Hermès e Gucci compartilham mais do que o título de marcas de luxo. De acordo com a consultoria Kantar, elas são algumas das 100 marcas globais mais valiosas de 2019. As empresas ocupam, respectivamente, as posições 22º, 31º, 37º e 52º. Ao total, o quarteto vale cerca de U$140 bilhões.

O segmento de luxo é o mais promissor do levantamento. Em um ano, teve crescimento de 29%.

luxo

Gucci é uma das marcas que mais cresceram e uma das preferidas dos millennials

A Chanel aparece em primeiro lugar na BrandZ Newcomers, uma subcategoria da Top 100 Global Brands. Esta divisão foca nas empresas recém-chegadas ao ranking. Certamente, a fundadora Coco Chanel ficaria feliz em saber que o patrimônio da marca, fundada em 1920, hoje vale mais de U$37 bilhões.

Ponte millennial

A Gucci ganhou destaque na pesquisa. Em 2017, a empresa valia U$13,5 bi e, atualmente, o valor saltou para U$25,2 bilhões (crescimento de 86,66%). Uma das explicações para o crescimento é a aproximação que a marca tem com jovens consumidores. Além da marca italiana, a Burberry também é citada como uma label bem vista graças à relação com os millennials (nascidos entre o início dos anos 80 e final dos anos 90).

De acordo com a consultoria Bain & Co, até 2025, os millennials e a geração z (final da década de 90 a 2010), vão ser responsáveis pelo consumo de 45% do mercado mundial de itens pessoais de luxo.

Além do luxo

O desenvolvimento de peças cada vez mais confortáveis foi um dos motivos que fez com que a Dior garantisse o 15º lugar, de 20, na subcategoria Top Risers. A marca teve crescimento de 29% em relação ao ano passado. Além dela, outras duas se destacaram: a canadense Lululemon e a americana Under Armour. No ranking geral, a Nike ocupa a melhor posição da indústria de Moda (21º), enquanto a concorrente Adidas aparece em último (100º). Outro destaque foi a Zara, que garantiu o posto de número 61.



ESCRITO POR Giovana Marques

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Business

20 de fevereiro

IAM Entrevista: Sociedade e Cultura de Moda com Alcino Leite

Muito mais que looks: Alcino Leite foi responsável por levar ao jornal Folha de São Paulo um olhar mais crítico sobre a moda

por João Arthur Marinho
21 de fevereiro

Betty Catroux, musa de Yves Saint Laurent, ganha exposição em Paris

Museu Yves Saint Laurent Paris inaugura exposição “Féminin Singulier” em homenagem a uma das musas do estilista,

por Guilherme de Beauharnais
1 de agosto

Coolhunting, espírito do tempo e consumo: reflexões e aprendizados com Iza Dezon

Uma conversa com a pesquisadora de tendências sobre a carreira de coolhunter e tendências de...

por Andreia Meneguete
10 de agosto

Belly Palma: “Posso fazer o que eu quiser e do meu jeito”

Influência ativista na internet: Izabelle Palma é a nova voz quando se fala em moda, diversidade e inclusão no Brasil

por Ivan Reis

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
20 de dezembro

Projeto 19M da Chanel: o fortalecimento do luxo

Com nova CEO na casa e inauguração oficial do projeto, a grife francesa promete enaltecer o artesanato de moda de luxo

por Júlia Vilaça
9 de dezembro

Jornalismo de Moda: e se a autora Clarice Lispector fosse capa da Vogue?

No mês que Clarice Lispector faria 100 anos, conheça a relação da escritora com o jornalismo de moda

por Ivan Reis
28 de agosto

Figurino do filme ‘Spencer’: o papel das marcas de moda no cinema

Filme sobre Lady Di traz figurino assinado por Chanel e mostra o poder das marcas nas narrativas em torno de biografias

por Carol Hossni
17 de agosto

O homem contemporâneo segundo Mário Queiroz

Análise de imagem: o professor e designer explica as transformações na moda masculina hoje

por Ivan Reis
10 de agosto

Vida em detalhes: na fila da vacina, vista sua esperança

Enquanto esperar é a única coisa que nos resta, as roupas moldam a cena de um futuro próxima que desejamos ter

por Ivan Reis
10 de agosto

Belly Palma: “Posso fazer o que eu quiser e do meu jeito”

Influência ativista na internet: Izabelle Palma é a nova voz quando se fala em moda, diversidade e inclusão no Brasil

por Ivan Reis
11 de junho

Moda e woke-washing: a mercantilização do corpo preto em um novo patamar

Jornalista Viviane Rocha relata o sequestro da humanidade das pessoas pretas

por Viviane Rocha
9 de junho

Semiótica da moda: análise do filme “Disturbing Beauty”, da Dior

Semioticista Clotilde Perez analisa os significados da beleza no novo filme da Dior

por Clotilde Perez