VOCÊ ESTÁ LENDO >> Dominique Oliver, CEO da AMARO, entra na lista BoF 500
POR Zeinab Bazzi | 4 de outubro

Dominique Oliver é a cabeça por trás de uma das marcas mais queridinhas no Brasil: a AMARO. Suíço radicado no Brasil, o CEO e fundador da empresa foi eleito um dos nomes mais influentes da Moda. Ele é o único representante de uma empresa brasileira da lista.

Os selecionados, divulgados na última segunda-feira (30), passam por uma triagem dos editores do Business of Fashion – site especialista em negócios fashion -. Com base em centenas de indicações, os nomes são eleitos com a partir de uma extensa análise e pesquisa de dados.

CEO da Amaro aposta na integração entre lojas físicas, virtuais e clientes finais. Foto: Forbes Brasil UOL

“Fazer parte do BoF 500 ao lado de nomes que admiro é uma honra e posiciona a AMARO em um novo patamar. Trouxemos para o Brasil conceitos inovadores de mercado com uma marca direct-to-consumer e esse reconhecimento é mais uma prova que estamos no caminho certo”, explica Dominique.

O empresário iniciou sua vida profissional com investimentos bancários em Nova Iorque, onde trabalhou com reestruturações de grandes empresas. Ele criou a AMARO há 7 anos utilizando estratégias de varejo como o omni-channel, ou seja, a integração entre lojas físicas, virtuais e clientes finais, e o direct-to-consumer, que remove os intermediários e vende diretamente ao consumidor. Atualmente, a marca é a maior do Brasil que posiciona-se desta maneira.

Pensar verde

Além disso, com foco na sustentabilidade, a companhia recentemente lançou uma embalagem que substituirá o plástico virgem por matéria prima descartada na costa do Brasil. A iniciativa faz parte do projeto AMARO Cares. Outros modelos também são desenvolvidos: a sleeve packaging, envelope 100% reciclável, é utilizado em 50% dos pedidos.

Alcance AMARO

A AMARO está distribuída em 13 lojas no país, localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte. Anualmente, a marca cria mais de 10 mil modelos, que podem ser comprados nos espaços físicos, no site ou app.



ESCRITO POR Zeinab Bazzi

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Business

20 de fevereiro

IAM Entrevista: Sociedade e Cultura de Moda com Alcino Leite

Muito mais que looks: Alcino Leite foi responsável por levar ao jornal Folha de São Paulo um olhar mais crítico sobre a moda

por João Arthur Marinho
21 de fevereiro

Betty Catroux, musa de Yves Saint Laurent, ganha exposição em Paris

Museu Yves Saint Laurent Paris inaugura exposição “Féminin Singulier” em homenagem a uma das musas do estilista,

por Guilherme de Beauharnais
2 de setembro

Moda e sustentabilidade: interseção necessária

Maior que uma tendência, iniciativas sustentáveis na indústria reconfiguram a produção, distribuição e consumo, além...

por Zeinab Bazzi
10 de agosto

Belly Palma: “Posso fazer o que eu quiser e do meu jeito”

Influência ativista na internet: Izabelle Palma é a nova voz quando se fala em moda, diversidade e inclusão no Brasil

por Ivan Reis

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
20 de dezembro

Projeto 19M da Chanel: o fortalecimento do luxo

Com nova CEO na casa e inauguração oficial do projeto, a grife francesa promete enaltecer o artesanato de moda de luxo

por Júlia Vilaça
9 de dezembro

Jornalismo de Moda: e se a autora Clarice Lispector fosse capa da Vogue?

No mês que Clarice Lispector faria 100 anos, conheça a relação da escritora com o jornalismo de moda

por Ivan Reis
28 de agosto

Figurino do filme ‘Spencer’: o papel das marcas de moda no cinema

Filme sobre Lady Di traz figurino assinado por Chanel e mostra o poder das marcas nas narrativas em torno de biografias

por Carol Hossni
17 de agosto

O homem contemporâneo segundo Mário Queiroz

Análise de imagem: o professor e designer explica as transformações na moda masculina hoje

por Ivan Reis
10 de agosto

Vida em detalhes: na fila da vacina, vista sua esperança

Enquanto esperar é a única coisa que nos resta, as roupas moldam a cena de um futuro próxima que desejamos ter

por Ivan Reis
10 de agosto

Belly Palma: “Posso fazer o que eu quiser e do meu jeito”

Influência ativista na internet: Izabelle Palma é a nova voz quando se fala em moda, diversidade e inclusão no Brasil

por Ivan Reis
11 de junho

Moda e woke-washing: a mercantilização do corpo preto em um novo patamar

Jornalista Viviane Rocha relata o sequestro da humanidade das pessoas pretas

por Viviane Rocha
9 de junho

Semiótica da moda: análise do filme “Disturbing Beauty”, da Dior

Semioticista Clotilde Perez analisa os significados da beleza no novo filme da Dior

por Clotilde Perez