VOCÊ ESTÁ LENDO >> Negócios em foco: 7 Reflexões sobre o Mercado de Luxo com Carlos Ferreirinha
POR Brenda Luchese | 6 de novembro

Em palestra no Iguatemi Talks, especialista do mercado de luxo traz insights do segmento para qualquer setor

Para os admiradores do mercado de luxo e para aqueles que estão ou aspiram se inserir nesse universo único, o nome Carlos Ferreirinha certamente não passa despercebido. Com uma trajetória profissional ímpar e experiências que se traduzem em uma bagagem literalmente extraordinária. Ferreirinha conta com quase 30 anos de experiência dentro desse mercado, nos quais passou da presidência da Louis Vuitton Brasil até a criação da MCF Consultoria, que traduz a inteligência da gestão do luxo para negócios ao redor de todo Brasil e do mundo. Essa contextualização se faz necessária para transmitir em palavras o peso e a propriedade com a qual o especialista comunica ensinamentos sobre o que é o mercado de luxo e o que podemos aprender com as marcas que estão inseridas nesse lugar tão almejado.

O luxo pode ser um mercado de grandes aprendizados para qualquer negócio, segundo Carlos Ferreirinha (Foto: Reprodução/IStock)

Após a masterclass “A Inteligência Da Gestão Do Luxo Como Diferenciação Competitiva Com Carlos Ferreirinha”, no Espaço Cubo JK dentro da 7ª edição do Iguatemi Talks Fashion – conferência que traz como pauta conversas que permeiam o universo da moda – no dia 18 de outubro, elencamos aqui 7 reflexões sobre luxo que vão expandir o seu olhar para este mercado e como podemos aprender com as marcas e suas estratégias.

Relevância ao longo dos tempos
Pensamento a longo prazo, seria essa a receita para continuar relevante? Dentro do universo empresarial muito se fala sobre estratégias e planejamento com visão a longo prazo e não existe ninguém que coloque em prática esse plano tão bem quanto marcas de luxo. A existência de marcas centenárias que sobreviveram a duas grandes guerras mundiais, pandemias, crises econômicas, entre outros eventos. Como explicar esse fenômeno? A resposta está no equilíbrio entre modelos de negócio com produção em baixa escala e alto valor agregado que trazem agilidade e flexibilidade para mudanças; constante exploração de oportunidades; visão do macro e resiliência em tempos incertos; e vender produtos e serviços que se comunicam diretamente com a necessidade de abstração do ser humano.

Manter relacionamento constante com os clientes
Marcas de luxo geram experiência e conexão emocional como seus consumidores, indo muito além da vendas de serviços e produtos. Em função disso treinam à exaustão os roteiros de atendimento possuindo três principais obsessões: expandir a base de clientes, se movimentar ao encontro de onde o cliente está, e o foco do transacional para o experimental.

Entender e explorar os 4 “Es” do luxo
Emoção, Exclusividade, Engajamento, Experiência. Como emocionar, comunicar exclusividade, gerar engajamento e experiências ao público e clientes? O questionamento leva a reflexão e resulta em ideias e novas práticas. Marcas que almejam perpetuar o seu negócio precisam avaliar como trazer os 4 “Es” para seus pontos de contato com o público.

Aprender a ser ótimo storyteller
O desenvolvimento de produtos e serviços com designs exclusivos e de alta qualidade, a construção de uma gestão eficiente e bem alinhada, estar presente em pontos estratégicos, e todos os pilares importantes para ter um posicionamento de luxo, não se sustentam sem uma boa comunicação. Saber comunicar histórias , mexer com emoções, transformar operações em fantasias e produtos em experiências é o que de fato converterá clientes em amantes da sua marca.

Defender preços com segurança
Não basta apenas alcançar uma comunicação com o público certo, é necessário apresentar através de elementos de exclusividade o porquê do seu produto ou serviço ter o preço que tem. O design, a qualidade dos materiais e a baixa quantidade produzida são algumas formas de comunicar isso, porém não é garantia para atingir o status de luxo. Saber desenvolver uma comunicação que traga códigos e elementos que apresentam um posicionamento condizente com a percepção de valor que se almeja alcançar é imprescindível para apresentar um produto de alto valor agregado. Isso se traduz em um visual merchandising coerente com essa visão, uma comunicação visual nas redes sociais, estar presente em eventos e realizar parcerias estratégicas que auxilie nessa percepção de marca elevada.

Ter produtos e serviços que se tornem ícones dentro do seu segmento
Desenvolva produtos inovadores. Todas as marcas de luxo possuem em seu portfólio um produto pelo qual são conhecidas. Seja você uma marca de luxo ou não, para se diferenciar no mercado no qual atua, ter um produto ou serviço ícone é a chave para se manter presente na mente dos consumidores.

Comunicar a exclusividade e os elementos de escassez
Se sua marca tem a intenção de se posicionar dentro do mercado de luxo é muito importante saber comunicar os elementos dela que traduzem a escassez. Seja através de coleções com peças únicas ou de baixa quantidade, itens que utilizam materiais escassos ou parcerias exclusivas, saber utilizar estratégias e comunicar esses elementos é o que gera desejo nos consumidores.

Para Carlos Ferreirinha, o mundo não é feito de luxo, porém pode-se trazer um pouco de luxo para todos os negócios. O profissional endossa a importância de uma visão macro do mercado e do mundo para alcançar sucesso em qualquer tipo de empreendimento. Por um lado, para aqueles que estão inseridos no luxo, o sentimento é de que, mesmo com toda a beleza desse universo, é preciso ter os pés no chão quando tratamos do negócio. Já, para aqueles que almejam beber um pouco dessa fonte, surge irrefutável a necessidade de se criar estratégias que tragam valor ao ponto de perpetuar os seus negócios.



ESCRITO POR Brenda Luchese
Administradora de empresas especialista em Marketing de Luxo é encantada por formas, texturas e cores. Inspirada pela possibilidade de transformar a vida em arte.

Administradora de empresas especialista em Marketing de Luxo é encantada por formas, texturas e cores. Inspirada pela possibilidade de transformar a vida em arte.

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Business

5 de novembro

Cases de Luxo: como a Burberry e Gucci se conectaram com novos consumidores

Veja como as grifes de luxo se adaptaram para atender às transformações dos novos tempos e dos consumidores

por Rebeca Dias
15 de agosto

Quer estudar moda? As dicas do fundador do The Business of Fashion para os iniciantes

Insights para quem está começando na área

por Beatriz Mammana
23 de outubro

As estratégias da gigante Condé Nast para manter seu império na era da informação

Veja como a gigante do mercado editorial está se adaptando aos tempos líquidos e aos...

por Julia Groppo
18 de abril

IAM at Work: conheça Rafaela Furlanetto, diretora-criativa da Vicenza

Mente criativa por trás da Vicenza, a designer também proporciona doses de inspiração para seus seguidores no dia a dia

por Isadora Deip

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
6 de novembro

Negócios em foco: 7 Reflexões sobre o Mercado de Luxo com Carlos Ferreirinha

Em palestra no Iguatemi Talks, especialista do mercado de luxo traz insights do segmento para qualquer setor

por Brenda Luchese
5 de novembro

As estratégias da Jacquemus para se tornar “queridinha” no mercado de luxo

Entenda como a marca criada por Simon Jacquemus virou fenômeno e se tornou referência do conceito de novo luxo

por Rebeca Dias
5 de novembro

Cases de Luxo: como a Burberry e Gucci se conectaram com novos consumidores

Veja como as grifes de luxo se adaptaram para atender às transformações dos novos tempos e dos consumidores

por Rebeca Dias
5 de setembro

Fure a bolha: chegou a hora do streetwear brasileiro ganhar destaque global

A consolidação da moda de rua brasileira e como designers de marcas nacionais chegaram a showroom em Paris.

por Júlia Lyz
12 de maio

Copenhagen Fashion Week: conheça semana de moda internacional sustentável

Marcas do evento que visa promover a sustentabilidade precisam respeitar ao menos 18 critérios para inscrição

por Rebeca Dias
12 de maio

Onde está a moda inclusiva? Os desafios para encontrar roupas para o público PcD

Especialista sobre o assunta aponta o preconceito como principal fator para a falta de inclusão na moda

por Beatriz Neves
12 de maio

O QUE O SXSW 2023 E O ÚLTIMO PARIS FASHION WEEK TÊM EM COMUM?

Durante o maior evento de inovação do mundo, a inteligência artificial roubou a cena e nos faz refletir o papel da moda

por Giovanna Schiavon
12 de maio

8 Perfis do Tiktok para Acompanhar e Aprender Sobre o Mercado de Moda

Muito além do look do dia e de dancinhas, o Tiktok permite a democratização e acessibilidade aos conteúdos sobre moda

por Ana Flávia Gimenez