VOCÊ ESTÁ LENDO >> Talk com Moni: 6 dicas de carreira para seguir
POR Samira Santos | 9 de fevereiro

Anseios e dúvidas surgem para todos independente da fase da carreira. Com o objetivo de dialogar sobre essas questões e trocar experiências, a jornalista Mônica Salgado orquestrou o Talk com a Moni, uma série de painéis com profissionais de diferentes áreas.

O site do IAM selecionou os 6 assuntos mais levantados nas conversas. Confira!

A jornalista Mônica Salgado criou e comandou o Talk com a Moni, focado em debater e trocar experiências profissionais. Foto: Rafael Renzo para eh!DÉCOR

A importância do fracasso

Quando falamos de carreira, mercado de trabalho ou mesmo desenvolvimento pessoal, existe uma possibilidade que assombra a todos: falhar. É muito comum ter medo de falar sobre o assunto, afinal ninguém quer fracassar e carregar este peso. Mas tudo é uma questão de ângulo e de não alimentar este tabu.

É chavão mas é inevitável: fracassos oferecem uma chance de crescimento – analisar o que foi feito e, com isso, ter uma possibilidade de desenvolvimento.

Os fracassos trazem bagagens e ajudam a nos construir. É preciso errar para se formar.

Aprender a dizer não

Nos dias de hoje, existe muito imediatismo. Vive-se um momento da sociedade do parecer: é necessário ser perfeito ou, ao menos, dar a impressão disso (oi, redes sociais!).

Mas a realidade é que ninguém é perfeito. Nenhuma pessoa consegue fazer e ser eficiente em tudo.

O ponto principal é nos conhecermos, saber qual é a nossa essência, capacidades e limitações. E com isso, temos que analisar as situações e pessoas que nos cercam e, muitas vezes, dizer não para elas.

Propósito

Com certeza, o assunto mais falado do dia foi este. As pessoas estão buscando algo para se conectar; o consumo não acontece mais apenas pelo produto. Queremos nos ligar com o próximo, desejamos algo que seja real, que faça sentido e que tenha um significado.

Devemos sempre lembrar que nós também somos marca e, por isso, precisamos ter em mente quais são os nossos valores e essência. Desta forma, é criado um posicionamento coeso e nos conectamos com maior facilidade.

Overdelivery

É interessante se esforçar e dedicar, para gerar um encantamento no cliente e entregar algo além do esperado. Essas atitudes são essenciais para nos diferenciarmos e sermos lembrados.

Entretanto, lembre-se que nem sempre o seu melhor pode ser feito todo tempo. Ninguém é máquina e todo mundo precisa descansar e alternar o ritmo.

Planejar

Pode parecer um tanto clichê, algo que estamos cansados de ouvir, mas planejamento é essencial para qualquer coisa que formos fazer: desde a rotina de trabalho até se aventurar em outra área e criar um novo projeto.

É importante sabermos onde estamos e em que lugar queremos chegar, criando um plano de ação para alcançar o objetivo.

Atenção às mudanças do mercado

As redes sociais nos mostram como está cada vez mais veloz o acesso a todos os tipos de informação. Temos contato o tempo todo com diferentes perspectivas e opiniões sobre o mundo.

Com isso, o que podemos tirar de lição desse movimento é sempre estar atento ao que está acontecendo. A forma como as pessoas se comunicam e as suas necessidades impactam diretamente o mercado. O dinamismo do digital, a necessidade de conexão: tudo isso influencia.

É importante estar ligado no que está acontecendo para conseguir prever e antecipar as mudanças que estão por vir, e assim, nos atualizarmos.

Mas lembre-se da importância de se desconectar e respirar. Ter uma carreira pode ser extremamente positivo e saudável, mas ainda é apenas uma parte da vida.



ESCRITO POR Samira Santos

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS EM Business

28 de maio

A máscara que cobre novos e velhos hábitos

Em tempos de pandemia do novo Coronavírus, a máscara de proteção tornou-se uma medida de...

por Ivan Reis
20 de março

Pandemia: momento para repensar o varejo de moda

Lições de negócios e criatividade: como o setor fashion iniciou as mudanças no momento de crise

por Guilherme de Beauharnais
4 de junho

Marcas de moda criam aplicativos exclusivos para gerar vínculo com clientes

Target, Adidas, Nike e Ralph Lauren lançam aplicativos exclusivos para seus melhores clientes numa tentativa...

por Zeinab Bazzi
2 de setembro

Moda e sustentabilidade: interseção necessária

Maior que uma tendência, iniciativas sustentáveis na indústria reconfiguram a produção, distribuição e consumo, além...

por Zeinab Bazzi

ÚLTIMAS POSTAGENS

Arraste para o lado
20 de dezembro

Projeto 19M da Chanel: o fortalecimento do luxo

Com nova CEO na casa e inauguração oficial do projeto, a grife francesa promete enaltecer o artesanato de moda de luxo

por Júlia Vilaça
9 de dezembro

Jornalismo de Moda: e se a autora Clarice Lispector fosse capa da Vogue?

No mês que Clarice Lispector faria 100 anos, conheça a relação da escritora com o jornalismo de moda

por Ivan Reis
28 de agosto

Figurino do filme ‘Spencer’: o papel das marcas de moda no cinema

Filme sobre Lady Di traz figurino assinado por Chanel e mostra o poder das marcas nas narrativas em torno de biografias

por Carol Hossni
17 de agosto

O homem contemporâneo segundo Mário Queiroz

Análise de imagem: o professor e designer explica as transformações na moda masculina hoje

por Ivan Reis
10 de agosto

Vida em detalhes: na fila da vacina, vista sua esperança

Enquanto esperar é a única coisa que nos resta, as roupas moldam a cena de um futuro próxima que desejamos ter

por Ivan Reis
10 de agosto

Belly Palma: “Posso fazer o que eu quiser e do meu jeito”

Influência ativista na internet: Izabelle Palma é a nova voz quando se fala em moda, diversidade e inclusão no Brasil

por Ivan Reis
11 de junho

Moda e woke-washing: a mercantilização do corpo preto em um novo patamar

Jornalista Viviane Rocha relata o sequestro da humanidade das pessoas pretas

por Viviane Rocha
9 de junho

Semiótica da moda: análise do filme “Disturbing Beauty”, da Dior

Semioticista Clotilde Perez analisa os significados da beleza no novo filme da Dior

por Clotilde Perez